Cassilândia, Sexta-feira, 04 de Dezembro de 2020

Últimas Notícias

28/10/2020 06:20

Abaixo da meta, MS precisa vacinar mais de 104 mil crianças contra a poliomelite

A Campanha Nacional vai até o dia 30 de outubro

Correio do Estado
Abaixo da meta, MS precisa vacinar mais de 104 mil crianças contra a poliomelite

A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Poliomelite termina no próximo dia 30 de outubro. Em Mato Grosso do Sul, apenas cerca de 56 mil crianças foram vacinadas contra a doença.

Para o estado, a meta é imunizar 160,4 mil pessoas, mas, há 3 dias do encerramento da Campanha, somente 35% dos pequenos estão protegidos.

O público-alvo são as crianças de 1 a menores de 5 anos de idade.

A dose, que corresponde a duas gotinhas, pode ser aplicada em qualquer USF (unidade de saúde da família) ou UBS (unidade básica de saúde) da cidade.

Em Campo Grande, o horário de atendimento das unidades vai das 07h às 17h da tarde.

Campanha de vacinação contra a Poliomelite chega ao Shopping Norte Sul - Fotógrafo Álvaro Rezende

Como resultado da falta de procura pela imunização, no último fim de semana, a secretaria municipal de Saúde (Sesau) levou a Campanha para um dos shoppings da cidade.

A intenção foi atrair a atenção das famílias e incentivar a vacinação, falando da sua importância.

O Ministério da Saúde lembra que a vacina é comprovadamente segura e eficaz, com imunização de 90% a 95%.

"A vacina é recomendada mesmo para as crianças que estejam com tosse, gripe, coriza, rinite ou diarreia. Para crianças com infecções agudas, com febre acima de 38ºC ou com hipersensibilidade a algum componente da vacina, recomenda-se aos pais que consultem um médico para avaliar se a vacina deve ser aplicada.", ressalta.

A meta nacional é chegar a 11,2 milhões crianças imunizadas, mas, devido ao relaxamento, ainda há mais de 7 milhões de menores para serem vacinados.

PARALISIA INFANTIL
A poliomelite é considerada uma doença infectocontagiosa grave, que causa lesões no sistema nervoso, levando à paralisia irreversível, sobretudo em membros inferiores.

Neste casos, a infecção se dá principalmente por via oral. Mesmo com os riscos, na maioria das vezes, a criança infectada não vai a óbito.

O Brasil recebeu, em 1994, o Certificado de Área Livre de Circulação do Poliovírus Selvagem. O selo de erradicação foi concedido pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS).

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 04 de Dezembro de 2020
11:00
Doutor Responde
Quinta, 03 de Dezembro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)