Cassilândia, Segunda-feira, 23 de Janeiro de 2017

Últimas Notícias

04/03/2006 20:00

Abaixo-assinado para Juizado tem 1200 adesões na Capital

Campo Grande News/ Paulo Fernandes

A Articulação de Mulheres de Mato Grosso do Sul já conseguiu, somente em Campo Grande, cerca de 1.200 assinaturas em prol da aprovação do Projeto de Lei 4559/04, que cria o Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher. No Estado, as assinaturas também estão sendo colhidas em Dourados, Nova Alvorada do Sul, Rio Brilhante e Corumbá, conforme a cientista social Valéria Monte Serrat. O movimento pela aprovação da proposta é nacional.


A mobilização pela criação do Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher surgiu em 2004, segundo Valéria, através de um levantamento nacional das políticas públicas para a mulher. No mesmo ano, o projeto de lei foi criado.

Valéria diz que o Poder Judiciário se colocou contra a criação do Juizado. “Há uma grande pressão do Judiciário porque eles acham que o Juizado de Pequenas Causas dá conta de avaliar esses casos de violência, mas o que vemos é que as punições contra os agressores têm sido pequenas”, afirmou. Pesquisas apontam que a cada quatro segundos uma mulher é vítima de violência no Brasil.

Quem quiser colaborar com o abaixo-assinado pode escrever para valeryms@gmail.com ou telefonar para (67) 3386-4163.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 23 de Janeiro de 2017
Domingo, 22 de Janeiro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 21 de Janeiro de 2017
20:55
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Sexta, 20 de Janeiro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)