Cassilândia, Domingo, 24 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

26/11/2006 20:55

A vitória do São Paulo, segundo o site do São Paulo

Marcelo Prado

O técnico Muricy Ramalho pediu e os jogadores obedeceram. Em tarde inspirada, o São Paulo presenteou os mais de 46 mil torcedores presentes ao estádio do Morumbi, venceu o Cruzeiro por 2 a 0 e, de maneira oficial, levantou a taça do tetracampeonato brasileiro. A festa da galera foi completa, com direito até a gol do capitão Rogério Ceni. O outro foi de Fabão, que se despediu do clube em alto estilo, já que acertou sua transferência para o futebol japonês. Com o triunfo, o time comandado por Muricy Ramalho chegou aos 77 pontos na tabela de classificação.

O jogo

Antes da partida, muita festa pelo título conquistado. Os jogadores tiveram o seu nome gritado um a um, assim como o técnico Muricy Ramalho. Assim que a bola rolou, os gritos de "olé, olé" ecoaram pelas arquibancadas. O time, como normalmente faz, tomou a iniciativa da partida. A primeira chance veio aos 15min, quando Leandro avançou pela direita e cruzou rasteiro. A zaga do Cruzeiro falhou e Danilo, de pé direito, mandou no ângulo de Fábio, que fez um verdadeiro milagre e mandou por cima do gol. O goleiro do time mineiro trabalhou novamente cinco minutos depois, em chute de Souza.

A torcida continuava a festa. O placar de 0 a 0 pouco importava. Quando Fabão, de cabeça, perdeu grande oportunidade, a galera aplaudiu. O time, no primeiro tempo, não deu espaço para o time mineiro, que só foi assustar em uma cobrança de falta de André Luís, bem defendida por Rogério Ceni. Assim que Wagner Tardelli Azevedo apitou o intervalo, muita festa. Os jogadores deixaram o gramado conscientes de que precisavam marcar pelo menos um gol para que a festa se tornasse completa.

Começou o segundo tempo e o panorama da partida não mudou. Um time atacava e o outro se defendia. Aos seis minutos, após belíssima troca de passes, Leandro foi lançado na área e só não marcou porque, na hora do arremate, foi travado por Fábio, o grande nome da partida até então.

Isso porque aos 11min, não teve jeito. Leandro foi derrubado na entrada da área e o juiz, bem colocado, anotou a falta. O Morumbi enlouqueceu. Todos pediram "Rogério, Rogério". E o capitão não decepcionou. Com a maestria de sempre, colocou a bola no ângulo direito de Fábio, que ainda saltou, mas não chegou nem perto da bola. Euforia total no estádio. Rogério, feliz da vida, correu para abraçar o técnico Muricy Ramalho e seus companheiros. Os gritos de "tetracampeão, tetracampeão", voltaram com força total.

Mesmo com a vantagem, o Tricolor não perdeu o apetite. Aos 27min, Muricy Ramalho foi obrigado a fazer a sua primeira alteração, com a entrada de Thiago na vaga de Ilsinho, que se machucou. Com isso, Souza foi para a ala direita. Aos 34min, o São Paulo só não fez o segundo gol porque Leandro, livre de marcação na área, perdeu uma chance inacreditável. Ele recebeu um presente de Thiago e mandou por cima do gol. Três minutos depois, nova festa: Souza cobrou escanteio e Fabão deixou novamente sua marca.

Com o placar definido, o Tricolor diminuiu o ritmo, mas Fábio, brilhante, ainda fez grande defesa em lance de Thiago. Com o apito final, o capitão Rogério Ceni levantou oficialmente a taça de CBF e os jogadores partiram para a volta olímpica. Festa merecida para o melhor time do futebol brasleiro


Ficha técnica: São Paulo 2 x 0 Cruzeiro

São Paulo: Rogério Ceni; André Dias, Fabão e Miranda; Ilsinho (Thiago), Josué, Mineiro, Souza e Júnior (Richarlyson); Leandro e Danilo (Rodrigo Fabri)
Técnico: Muricy Ramalho



Cruzeiro: Fábio, Thiago Heleno (Francismar), André Luis e Eliezio; Gabriel, Jonilson, Martinez (Léo Silva), Élson e Leandro; Geovanni (Fábio Pinto) e Diego
Técnico: Oswaldo de Oliveira



Gols: Rogério Ceni, aos 11min e Fabão, aos 37min do segundo tempo

Cartões amarelos: Miranda, André Dias, Ilsinho, Danilo e Mineiro (SP); Thiago Heleno, Jonilson e André Luis

Renda: R$ 556.402,00

Público: 46.154 pagantes

Juiz: Wágner Tardelli Azevedo (RJ)

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 23 de Setembro de 2017
Sexta, 22 de Setembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)