Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

29/10/2006 05:31

A vitória do Santos, segundo o site do Santos

Santos

O Santos Futebol Clube venceu mais uma partida na noite deste sábado (28), válida pela trigésima primeira rodada do Campeonato Brasileiro. O Peixe derrotou o São Caetano, por 1 a 0, gol de Rodrigo Tabata em confronto realizado no Estádio Urbano Caldeira (Vila Belmiro), em Santos (Litoral de São Paulo). Com mais este triunfo, os santistas alcançaram a terceira colocação, com 55 pontos, permanecendo desta maneira no grupo das equipes classificadas para a próxima Taça Toyota Libertadores da América e com possibilidades de ainda chegar ao título da competição.

O treinador Vanderlei Luexmburgo voltou a escalar o seu time com três zagueiros (Manzur, Ronaldo Guairo e Luiz Alberto), devido as ausências de Maldonado e Denis (lesionados) e do meia Cléber Santana (suspenso), para que os alas, André Oliveira e Kléber, tivessem menos comprometimento com a marcação e mais liberdade para criar no campo de ataque. A partida começou em um ritmo lento, com a equipe do ABC Paulista exercendo a sua habitual marcação cerrada no meio-campo, paralisando o jogo a todo momento, com faltas.

Por isso, a primeira boa jogada só foi acontecer aos 17 minutos. O zagueiro Cléber lançou o meia Leandro Lima, que foi rápido no domínio e no arremate ao gol. Só que o goleiro Felipe estava atento e voou para evitar o que seria o gol de abertura do placar. O Alvinegro Praiano não deixou por menos e respondeu com duas boas investidas. Uma com o atacante Wellington Paulista, que se livrou da marcação pela esquerda e tocou para Reinaldo, no entanto, o Camisa Nove não conseguiu alcançar o cruzamento. Na outra, o volante Heleno cabeceou, para outra intervenção de Mauro.

Aos 27 minutos, novamente Leandro Lima mostrou agilidade ao driblar a zaga santista e rolar para trás. O lateral Claúdio chutou, só que Felipe estava bem colocado e mandou a bola para escanteio. Aos 34 minutos, percebendo as dificuldades que sua equipe encontrava em campo, com o ferrolho armado pelo técnico Dorival Júnior, do São Caetano, Luxemburgo queimou a sua primeira substituição, mudando o esquema tático do 3-5-2 para o 4-4-2. Ronaldo Guiaro saiu para a entrada do volante André Luiz. Com essa alteração, o comandante santista adiantou Zé Roberto para atuar na articulação do meio-campo, juntamente com Rodrigo Tabata e com mais qualidade de passe, na transição da defesa para o ataque.

Quando o primeiro tempo já se aproximava do seu final, aos 44 minutos, Kléber exigiu que o goleiro Mauro fizesse uma grande defesa, após bater com perfeição, uma falta no ângulo esquerdo do ex-arqueiro santista. Após este lance, os dois times foram para os vestiários, ouvir as instruções de seus treinadores. E a conversa parasse ter surtido mais efeito no jogadores do Santos FC, que passaram a ter uma postura mais agressiva na partida. Com dois minutos, Kléber cruzou da esquerda e Wellington Paulista bateu fraco, para a defesa do goleiro.


Os donos da casa continuavam pressionando, tanto que, minutos depois, os canhotos André Luiz e Zé Roberto tabelaram, para a conclusão do primeiro, mas a finalização saiu sem força e pela linha de fundo. O São Caetano então, resolveu fazer as suas modificações. Claúdio e Leandro Lima deram lugares ao lateral Mádson e o meia Dinélson, respectivamente. Aos 18 minutos, a melhor chance que os visitantes tiveram em todo o jogo. Élton fintou Manzur, só que na hora de finalizar, Felipe fechou o ângulo e evitou o gol do seu oponente.

Só que o Peixe mostrou como é que se deve fazer. E no lance seguinte, após linda jogada individual de Reinaldo, que limpou a marcação, evitou a saída de bola e lançou a bola, sobre o goleiro, para encontrar a cabeça de Rodrigo Tabata e ir para o fundo das redes. O meia fez o seu sexto gol no campeonato nacional. Com a vantagem no marcador, os santistas passaram a jogar com mais inteligência, explorando os espaços que os seus rivais ofereciam, quando se aventuravam no ataque. Vendo isto, Vanderlei Luxemburgo colocou o zagueiro Ávalos no lugar de Zé Roberto (que sentiu uma lesão e pediu para sair), fortalecendo a marcação e o lateral Carlinhos, na vaga de Wellington Paulista, dando mais velocidade aos contra-golpes.


E foi o próprio Carlinhos que quase deixou a sua marca, ao disparar em velocidade, entrar na grande área e chutar, para difícil defesa de Mauro. Com o final se aproximando, o São Caetano foi com tudo para cima do Peixe, só que a equipe mostrou porque á a melhor defesa do torneio, com sofridos e tratou de assegurar mais três pontos na tabela de classificação. Agora o Alvinegro Praiano vai até o Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS), na quarta-feira (31), às 22 horas, enfrentar o Juventude, pela trigésima segunda rodada do Brasileirão.


Santos FC 1x0 São Caetano
Gols: Rodrigo Tabata, aos 19 minutos do segundo tempo
Cartões Amarelos: Wellington Paulista e Ronaldo Guiaro (SFC); Márcio, Cléber e Élton (SCA)
Árbitro: Wagner Tardelli Azevedo (Fifa-RJ)
Auxiliares: Ednilson Corona (Fifa-SP) e Evandro Luis Oliveira (SP)
Local: Estádio Urbano Caldeira (Vila Belmiro), em Santos (Litoral de São Paulo)
Público: 12.080
Renda: R$ 130.000, 00
Data: Sábado (28)
Horário: 18h10
Santos FC
Felipe; Manzur, Ronaldo Guiaro (André Luiz) e Luiz Alberto; André Oliveira, Heleno, Zé Roberto (Ávalos), Rodrigo Tabata e Kléber; Reinaldo e Wellington Paulista (Carlinhos). Técnico: Vanderlei Luxemburgo
São Caetano
Mauro; Alessandro, Cléber, Gustavo (Gustavo Gaúcho) e Cláudio (Mádson); Júlio César, Márcio, Jonas e Élton; Leandro Lima (Dinelson) e Marcelinho. Técnico: Dorival Júnior


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)