Cassilândia, Quarta-feira, 26 de Abril de 2017

Últimas Notícias

29/10/2006 05:31

A vitória do Santos, segundo o site do Santos

Santos

O Santos Futebol Clube venceu mais uma partida na noite deste sábado (28), válida pela trigésima primeira rodada do Campeonato Brasileiro. O Peixe derrotou o São Caetano, por 1 a 0, gol de Rodrigo Tabata em confronto realizado no Estádio Urbano Caldeira (Vila Belmiro), em Santos (Litoral de São Paulo). Com mais este triunfo, os santistas alcançaram a terceira colocação, com 55 pontos, permanecendo desta maneira no grupo das equipes classificadas para a próxima Taça Toyota Libertadores da América e com possibilidades de ainda chegar ao título da competição.

O treinador Vanderlei Luexmburgo voltou a escalar o seu time com três zagueiros (Manzur, Ronaldo Guairo e Luiz Alberto), devido as ausências de Maldonado e Denis (lesionados) e do meia Cléber Santana (suspenso), para que os alas, André Oliveira e Kléber, tivessem menos comprometimento com a marcação e mais liberdade para criar no campo de ataque. A partida começou em um ritmo lento, com a equipe do ABC Paulista exercendo a sua habitual marcação cerrada no meio-campo, paralisando o jogo a todo momento, com faltas.

Por isso, a primeira boa jogada só foi acontecer aos 17 minutos. O zagueiro Cléber lançou o meia Leandro Lima, que foi rápido no domínio e no arremate ao gol. Só que o goleiro Felipe estava atento e voou para evitar o que seria o gol de abertura do placar. O Alvinegro Praiano não deixou por menos e respondeu com duas boas investidas. Uma com o atacante Wellington Paulista, que se livrou da marcação pela esquerda e tocou para Reinaldo, no entanto, o Camisa Nove não conseguiu alcançar o cruzamento. Na outra, o volante Heleno cabeceou, para outra intervenção de Mauro.

Aos 27 minutos, novamente Leandro Lima mostrou agilidade ao driblar a zaga santista e rolar para trás. O lateral Claúdio chutou, só que Felipe estava bem colocado e mandou a bola para escanteio. Aos 34 minutos, percebendo as dificuldades que sua equipe encontrava em campo, com o ferrolho armado pelo técnico Dorival Júnior, do São Caetano, Luxemburgo queimou a sua primeira substituição, mudando o esquema tático do 3-5-2 para o 4-4-2. Ronaldo Guiaro saiu para a entrada do volante André Luiz. Com essa alteração, o comandante santista adiantou Zé Roberto para atuar na articulação do meio-campo, juntamente com Rodrigo Tabata e com mais qualidade de passe, na transição da defesa para o ataque.

Quando o primeiro tempo já se aproximava do seu final, aos 44 minutos, Kléber exigiu que o goleiro Mauro fizesse uma grande defesa, após bater com perfeição, uma falta no ângulo esquerdo do ex-arqueiro santista. Após este lance, os dois times foram para os vestiários, ouvir as instruções de seus treinadores. E a conversa parasse ter surtido mais efeito no jogadores do Santos FC, que passaram a ter uma postura mais agressiva na partida. Com dois minutos, Kléber cruzou da esquerda e Wellington Paulista bateu fraco, para a defesa do goleiro.


Os donos da casa continuavam pressionando, tanto que, minutos depois, os canhotos André Luiz e Zé Roberto tabelaram, para a conclusão do primeiro, mas a finalização saiu sem força e pela linha de fundo. O São Caetano então, resolveu fazer as suas modificações. Claúdio e Leandro Lima deram lugares ao lateral Mádson e o meia Dinélson, respectivamente. Aos 18 minutos, a melhor chance que os visitantes tiveram em todo o jogo. Élton fintou Manzur, só que na hora de finalizar, Felipe fechou o ângulo e evitou o gol do seu oponente.

Só que o Peixe mostrou como é que se deve fazer. E no lance seguinte, após linda jogada individual de Reinaldo, que limpou a marcação, evitou a saída de bola e lançou a bola, sobre o goleiro, para encontrar a cabeça de Rodrigo Tabata e ir para o fundo das redes. O meia fez o seu sexto gol no campeonato nacional. Com a vantagem no marcador, os santistas passaram a jogar com mais inteligência, explorando os espaços que os seus rivais ofereciam, quando se aventuravam no ataque. Vendo isto, Vanderlei Luxemburgo colocou o zagueiro Ávalos no lugar de Zé Roberto (que sentiu uma lesão e pediu para sair), fortalecendo a marcação e o lateral Carlinhos, na vaga de Wellington Paulista, dando mais velocidade aos contra-golpes.


E foi o próprio Carlinhos que quase deixou a sua marca, ao disparar em velocidade, entrar na grande área e chutar, para difícil defesa de Mauro. Com o final se aproximando, o São Caetano foi com tudo para cima do Peixe, só que a equipe mostrou porque á a melhor defesa do torneio, com sofridos e tratou de assegurar mais três pontos na tabela de classificação. Agora o Alvinegro Praiano vai até o Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS), na quarta-feira (31), às 22 horas, enfrentar o Juventude, pela trigésima segunda rodada do Brasileirão.


Santos FC 1x0 São Caetano
Gols: Rodrigo Tabata, aos 19 minutos do segundo tempo
Cartões Amarelos: Wellington Paulista e Ronaldo Guiaro (SFC); Márcio, Cléber e Élton (SCA)
Árbitro: Wagner Tardelli Azevedo (Fifa-RJ)
Auxiliares: Ednilson Corona (Fifa-SP) e Evandro Luis Oliveira (SP)
Local: Estádio Urbano Caldeira (Vila Belmiro), em Santos (Litoral de São Paulo)
Público: 12.080
Renda: R$ 130.000, 00
Data: Sábado (28)
Horário: 18h10
Santos FC
Felipe; Manzur, Ronaldo Guiaro (André Luiz) e Luiz Alberto; André Oliveira, Heleno, Zé Roberto (Ávalos), Rodrigo Tabata e Kléber; Reinaldo e Wellington Paulista (Carlinhos). Técnico: Vanderlei Luxemburgo
São Caetano
Mauro; Alessandro, Cléber, Gustavo (Gustavo Gaúcho) e Cláudio (Mádson); Júlio César, Márcio, Jonas e Élton; Leandro Lima (Dinelson) e Marcelinho. Técnico: Dorival Júnior


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 26 de Abril de 2017
Terça, 25 de Abril de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)