Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

26/06/2011 05:20

A semana da novela Vida Rebelde

Segunda, 27 de junho
Maurício diz a Francisco que ele mesmo explodiu o veleiro. O advogado o alerta que a empresária vai usar Patrícia para extorquir a quantia que necessita de Francisco. O milionário não lhe dá ouvidos, mas agradece e sai do carro. O advogado deixa o veículo em seguida. Nessa hora, Cléber parte com o carro a toda velocidade e atropela Maurício. Ela ameaça e manda Adalberto se controlar se não quiser perder seu novo emprego. Regina vai até o hotel e pede dinheiro para Francisco.

Terça, 28 de junho
Raimundo toma coragem e diz que não passou no vestibular e sequer fez o cursinho preparatório. Ernesto pede dinheiro emprestado para Francisco. Ele pega um talão de cheques e assina, deixando o comerciante feliz. Cleber dorme na casa de Regina. Para que possam sair, a empresária pede que sua empregada mantenha Tatiana na cozinha. Patrícia bate à porta e Tatiana corre para atender. As duas vão até o quarto de Regina. Quando chegam, encontram sua mãe se arrumando junto com Cleber. Patrícia fica indignada ao ver o ex-policial em sua casa.

Quarta, 29 de junho
Juliana diz a Raimundo que lhe dará uma chance. Para isso, ele deve começar a fazer um cursinho e passar no vestibular de verdade. Marizete compra um carro para José e contrata um motorista. Alguns integrantes da turma do bolão terminam a compra de seus imóveis com o corretor. Após uma passagem de tempo, todos se mudam para suas respectivas casas. Eles ficam maravilhados com o luxo. Regina vai à mansão de Francisco e o ameaça. A empresária diz que vai acabar com a vida de Rita se o processo movido contra ela não for retirado.

Quinta, 30 de junho
Patrícia chega quando Francisco e Regina discutem. A empresária tenta jogar sua filha contra o namorado. A moça decide conversar com sua mãe e Francisco sai. Patrícia decide se aliar à mãe para afastar Rita. Patrícia não acompanha Francisco para prestigiar Severino. Fátima chega ao restaurante e Divina avisa que não vai deixá-la entrar. A mãe de Cacau retruca. Francisco chega correndo em sua casa e encontra os paramédicos. Ele entra em desespero, achando que aconteceu algo com seu filho.

Sexta, 1º de julho
Regina desce as escadas e tranquiliza Francisco, dizendo que tudo não passou de um susto. Os dois sobem e falam com Patrícia, que já está melhor. Dissimulada, a empresária se faz de amiga. Welligton conta para Carlos que gosta de Cacau. Cleber descobre que Andrea comprou uma frota de táxis e fica furioso. Carlos vai ao apartamento de Lucas e Andrea para se explicar. Ele revela que Cleber era quase um irmão no passado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)