Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

17/10/2007 06:44

A questão dos custos de tarifas bancárias

Stênio Ribeiro /ABr

Brasília - As estatísticas sobre custos dos serviços bancários nos últimos anos, apresentadas em audiência pública ontem (16) na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, divergem em tudo dos números mostrados pelo presidente da Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), Fábio Colletti Barbosa. "A média de receitas com tarifas caiu 8,9% por cliente entre 2001 e 2006", afirmou Fábio Colletti.

O senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA), entretanto, contestou os números apresentados pelo presidente da Febraban. Um dosrequerentes da audiência, junto com o presidente da CAE, Aloizio Mercadante (PT-SP), Flexa Ribeiro citou números do Banco Central, segundo os quais as tarifas bancárias aumentaram 800% de 1994 a 2006, enquanto a inflação no mesmo período ficou em 160%. Na opinião do senador, isso "comprova a prática de preços abusivos".

Em resposta, Fábio Colletti argumentou que se tratava de bases temporais distintas de prestação de serviços. Ele disse que os bancos taxavam poucos serviços em 1994, e só começou a haver maior transparência de números a partir de medidas implantadas em 1996, com conseqüente ampliação do número de serviços pagos pelos clientes.

Depois de ampla explanação sobre os custos operacionais do sistema financeiro, referenciados no aumento das operações de crédito e redução dos juros e do spread (diferença cobrada pelos bancos entre a captação e a concessão do empréstimo), o presidente da Febraban afirmou que "as receitas de serviços bancários permaneceram estáveis nos últimos sete anos" e que "não há distorções em relação aos custos cobrados em outros países". De acordo com ele, os custos representavam 35% das receitas totais dos bancos, em 2001, e em junho último eram de 33,5%.

Fábio Colletti afirmou que o sistema financeiro tem custo operacional relativamente alto no Brasil, porque oferece mais serviços que os bancos de outros países. Apesar disso, os custos equivalem a 58,7% na França, 49,8% na Austrália. Ele citou mais três países (Bélgica, Polônia e Irlanda) que teriam receitas mais altas que as brasileiras. Todos os demais ficam abaixo do nível cobrado no Brasil, e algumas economias de Primeiro Mundo se situam em nível semelhante, como Alemanha, Itália e
Espanha.

O senador Aloizio Mercadante citou números diferentes. Ele disse que as tarifas cobradas dos clientes representam hoje cerca de 56% dos custos dos bancos, ou "três vezes mais que as despesas operacionais". Para ele, isso pode ser decorrente da concentração de mais de 90% das contas bancárias em apenas dez instituições financeiras, o que "impede a concorrência". Na opinião de Mercadante, o Estado deve, por isso, regular mais o sistema.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)