Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

20/12/2014 08:48

A hora da felicidade

Pedro Bellentani Quintino de Oliveira

Meus pais sempre me disseram que na vida tudo tem sua hora. Mas talvez eu fosse imaturo demais para entender esse pensamento, que nunca me fazia sentido. E quando eu lhes perguntava quando seria a hora certa, a resposta era sempre a mesma: somente o tempo irá dizer. Soava tudo muito estranho e complexo para uma criança, como se fosse um enigma a ser decifrado. Quer dizer que tudo na vida tem sua hora, sendo que essa hora depende exclusivamente do tempo? Era o suficiente para a minha revolta, com choros e pontapés desferidos no ar. Então, o tempo passou. Hoje, finalmente, decifrei o enigma. Meus pais estavam certos. Com o passar dos anos a vida ensina que para conquistarmos nossos sonhos e objetivos é preciso ter paciência e esperar pela hora certa, que nem sempre é aquela que imaginamos ou queremos. A hora é sorrateira e esconde seus segredos entre os dias e as noites. É claro que algumas vezes queremos monitorar o tempo por meio de um controle remoto, como fazemos com os filmes na televisão. Dá vontade de pausar, voltar um pouco, pausar de novo, depois passar para frente. Felizmente, esse controle só existe nos filmes. Os bons momentos, aqueles que gostaríamos que o tempo parasse por um instante, simplesmente escorregam pelos nossos dedos como água, virando memórias instantâneas.

Também o tempo nos obriga a enfrentar situações que gostaríamos que jamais existissem ou que passassem em um piscar de olhos. Mas tudo isso não vai além de um capricho da vida, que nos dá com exatidão o tempo que precisamos para viver cada momento. Nem um segundo a mais, nem um segundo a menos. Temos exatamente o tempo que precisamos para tirar daquele instante um aprendizado. Vivemos em uma geração da impaciência, onde esperar é perder tempo. Os resultados devem ser imediatos, a comunicação instantânea e a comida fast food. Esse ritmo frenético faz com que as coisas boas da vida passem despercebidas. Por isso, relaxe, não se deixe levar pela pressa, pois ela é inimiga do tempo e impede a perfeição. É época de Natal, e Ano Novo também. É tempo de reunir familiares e amigos para celebrar a vida. Aproveite e desfrute de cada minuto como se fosse o último. Seja feliz. Abrace, beije, sorria e chore mais, porque o tempo, já cantava Agenor de Miranda Araújo Neto, ou simplesmente Cazuza, o tempo não para.

 

 

PEDRO BELLENTANI QUINTINO DE OLIVEIRA
Bacharel em Direito pela Universidade Mackenzie, advogado, mestrando em Direito pela Unesp/Franca

Fonte: Diário da Região

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)