Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

24/09/2006 19:05

A derrota do São Paulo pelo site do São Paulo

São Paulo FC

O São Paulo saiu na frente, sofreu o empate e com um homem a menos desde os 15 minutos do segundo tempo - Alex Silva recebeu o segundo amarelo e foi expulso - não conseguiu segurar o resultado e acabou sofrendo a virada para o Palmeiras.

Com o resultado de 3 a 1, o time vê o fim de uma invencibilidade de 10 jogos no Brasileirão - não perdia desde a derrota para o Santos por 4 a 0, ainda no primeiro turno -, mas mesmo com a derrota, a equipe segue na liderança da competição.

No próximo sábado, às 16 horas, o time enfrenta o Atlético Paranaense, na Arena da Baixada, em jogo válido pelo primeiro turno da competição, que acabou sendo adiado durante a disputa da Libertadores.

O jogo

O gramado do estádio Eduardo José Farah, em Presidente Prudente, já não apresentava as melhores condições e com as chuvas que caíram no último sábado seu estado ficou ainda pior.

Com isso, o jogo entre São Paulo e Palmeiras começou muito truncado, com alguns erros de passes e poucas chances de gol. As equipes começaram arriscando em chutes de fora da área.

Foi assim que o Palmeiras chegou por duas vezes. A primeira em tentativa de Paulo Baier, que desviou em Alex Silva e foi para escanteio. No lance seguinte, foi a vez de Maicon, que exigiu boa intervenção de Rogério ceni.

Após os 10 minutos iniciais, o Tricolor passou a sair mais para o jogo. A equipe forçava as jogadas pela esquerda, que contava com os apoios de Júnior, Richarlyson e Lenilson, além de Leandro e Thiago, que se alternavam no setor.


Em rápido contra-golpe, Thiago cruzou da esquerda, mas Souza não conseguiu concluir. O próprio meio-campista arriscou em chute de fora da área e mandou a direita. Júnior também tentou e mandou por sobre o gol de Diego Cavallieri.


Sempre forçando as jogadas nas costas do ala Paulo Baier, o São Paulo chegou ao primeiro gol. Leandro recebeu livre na esquerda e cruzou com perfeição para Souza, de peixinho, colocar a bola no fundo do gol palmeirense.


Poucos minutos depois, em jogada parecida com a do gol, Leandro cruzou, mas Josué pegou mal na bola e facilitou a vida do goleiro Diego.


O Palmeiras chegou ao empate aos 35 minutos. Após cruzamento de Maicon, Nen subiu entre os defensores e de cabeça, deixou tudo igual. O Palmeiras se animou com o gol e no lance seguinte levou perigo em chute cruzado de Marcinho.


O Tricolor novamente equilibrou as ações e aos 43 minutos, poderia ter feito o segundo gol para ir para o intervalo com vantagem. Josué fez excelente jogada, deu por entre as pernas do defensor palmeirense e deixou Leandro na cara do gol, mas o atacante atrapalhado pelo estado do gramado, acabou mandando por cima da meta.


Sem alterações no intervalo, o São Paulo seguiu melhor no retorno para o segundo tempo. Aos 9min, Alex Silva completou cruzamento de Júnior, mas mandou a esquerda do gol.


Aos 10 minutos, Muricy Ramalho fez duas alterações, colocando Danilo e Ilsinho nos lugares de Lenilson e Richarlyson. Logo na seqüência, entrou Alex Dias e saiu Leandro.


Antes que as alterações do comandante Tricolor pudessem ter efeito, o São Paulo ficou com um homem a menos. Aos 15 minutos, Alex Silva fez falta em Marcinho Guerreiro, recebeu o segundo cartão amarelo e acabou expulso.


O técnico Marcelo Villar colocou o atacante Roger no lugar de Enilton para dar novo gás ao Palmeiras. Pouco tempo depois, tirou o zagueiro Nen e colocou o meio-campista Rosembrinck.


Com um homem a mais, o Palmeiras passou a ter mais posse de bola e atacar mais o São Paulo. Aos 19 minutos, Juninho avançou pela esquerda e chutou cruzado, para boa defesa de Rogério Ceni.


No lance seguinte, Júnior lançou Alex Dias na esquerda, o atacante entrou na área e devolveu para Júnior, que acabou sendo empurrado pelo zagueiro palmeirense, mas o árbitro não assinalou a penalidade. Na seqüência a bola ainda sobrou para Alex Dias, que chutou para boa defesa de Diego.


Mesmo com 10 jogadores, o Tricolor conseguia levar perigo ao gol palmeirense em rápidos contra-golpes. Foi assim que a equipe chegou em chute de fora da área de Josué.


O Palmeiras mexeu pela última vez aos 32 minutos com a entrada de Marcinho Guerreiro no lugar de Wendell. Aos 37´, Cléber Wellington Abade se equivocou novamente ao marcar pênalti em Marcinho.


O jogador foi lançado na esquerda, parou a bola e fez Ilsinho escorregar. Ao ver o jogador caído, o meio-campista palmeirense se jogou sobre o corpo do são-paulino. Paulo Baier cobrou no canto direito e virou o jogo.


O São Paulo teve boa chance de empatar em cobrança de falta de Rogério Ceni, que o goleiro Diego Cavallieri defendeu. O Palmeiras ainda conseguiu fazer o terceiro gol nos acréscimos, com Marcinho Guerreiro tocando na saída do arqueiro tricolor.


O time volta a campo no próximo sábado (30) para enfrentar o Atlético Paranaense, na Arena da Baixada, em jogo válido ainda pelo primeiro turno da competição, que acabou adiado pela disputa da Libertadores.



PALMEIRAS
Diego, Nen (Rosembrick), Thiago Gomes e Alceu; Paulo Baier, Francis, Wendel (Marcinho Guerreiro), Juninho, Marcinho e Michael; Enílton (Roger)
Técnico: Marcelo Vilar (interino)

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Souza, Alex Silva, Miranda e Júnior; Mineiro, Josué, Richarlyson (Ilsinho) e Lenílson (Danilo); Thiago e Leandro (Alex Dias)
Técnico: Muricy Ramalho

Local: estádio Eduardo José Farah, em Presidente Prudente (SP)
Árbitro: Cléber Welington Abade/SP
Auxiliares: Ednilson Corona e Ana Paula Oliveira/SP
Cartões amarelos: Alex Silva (S), Nem (P), Richarlysson (S), Rogério Ceni (S), Thiago Gomes (P), Alex Dias (S), Josué (S), Roger (P)
Cartão vermelhos: Alex Silva (S)
Gols: Souza, aos 21 e Nen, aos 35 minutos do primeiro tempo. Paulo Baier, aos 38 e Marcinho aos 47 do segundo tempo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)