Cassilândia, Sexta-feira, 28 de Julho de 2017

Últimas Notícias

24/09/2006 19:05

A derrota do São Paulo pelo site do São Paulo

São Paulo FC

O São Paulo saiu na frente, sofreu o empate e com um homem a menos desde os 15 minutos do segundo tempo - Alex Silva recebeu o segundo amarelo e foi expulso - não conseguiu segurar o resultado e acabou sofrendo a virada para o Palmeiras.

Com o resultado de 3 a 1, o time vê o fim de uma invencibilidade de 10 jogos no Brasileirão - não perdia desde a derrota para o Santos por 4 a 0, ainda no primeiro turno -, mas mesmo com a derrota, a equipe segue na liderança da competição.

No próximo sábado, às 16 horas, o time enfrenta o Atlético Paranaense, na Arena da Baixada, em jogo válido pelo primeiro turno da competição, que acabou sendo adiado durante a disputa da Libertadores.

O jogo

O gramado do estádio Eduardo José Farah, em Presidente Prudente, já não apresentava as melhores condições e com as chuvas que caíram no último sábado seu estado ficou ainda pior.

Com isso, o jogo entre São Paulo e Palmeiras começou muito truncado, com alguns erros de passes e poucas chances de gol. As equipes começaram arriscando em chutes de fora da área.

Foi assim que o Palmeiras chegou por duas vezes. A primeira em tentativa de Paulo Baier, que desviou em Alex Silva e foi para escanteio. No lance seguinte, foi a vez de Maicon, que exigiu boa intervenção de Rogério ceni.

Após os 10 minutos iniciais, o Tricolor passou a sair mais para o jogo. A equipe forçava as jogadas pela esquerda, que contava com os apoios de Júnior, Richarlyson e Lenilson, além de Leandro e Thiago, que se alternavam no setor.


Em rápido contra-golpe, Thiago cruzou da esquerda, mas Souza não conseguiu concluir. O próprio meio-campista arriscou em chute de fora da área e mandou a direita. Júnior também tentou e mandou por sobre o gol de Diego Cavallieri.


Sempre forçando as jogadas nas costas do ala Paulo Baier, o São Paulo chegou ao primeiro gol. Leandro recebeu livre na esquerda e cruzou com perfeição para Souza, de peixinho, colocar a bola no fundo do gol palmeirense.


Poucos minutos depois, em jogada parecida com a do gol, Leandro cruzou, mas Josué pegou mal na bola e facilitou a vida do goleiro Diego.


O Palmeiras chegou ao empate aos 35 minutos. Após cruzamento de Maicon, Nen subiu entre os defensores e de cabeça, deixou tudo igual. O Palmeiras se animou com o gol e no lance seguinte levou perigo em chute cruzado de Marcinho.


O Tricolor novamente equilibrou as ações e aos 43 minutos, poderia ter feito o segundo gol para ir para o intervalo com vantagem. Josué fez excelente jogada, deu por entre as pernas do defensor palmeirense e deixou Leandro na cara do gol, mas o atacante atrapalhado pelo estado do gramado, acabou mandando por cima da meta.


Sem alterações no intervalo, o São Paulo seguiu melhor no retorno para o segundo tempo. Aos 9min, Alex Silva completou cruzamento de Júnior, mas mandou a esquerda do gol.


Aos 10 minutos, Muricy Ramalho fez duas alterações, colocando Danilo e Ilsinho nos lugares de Lenilson e Richarlyson. Logo na seqüência, entrou Alex Dias e saiu Leandro.


Antes que as alterações do comandante Tricolor pudessem ter efeito, o São Paulo ficou com um homem a menos. Aos 15 minutos, Alex Silva fez falta em Marcinho Guerreiro, recebeu o segundo cartão amarelo e acabou expulso.


O técnico Marcelo Villar colocou o atacante Roger no lugar de Enilton para dar novo gás ao Palmeiras. Pouco tempo depois, tirou o zagueiro Nen e colocou o meio-campista Rosembrinck.


Com um homem a mais, o Palmeiras passou a ter mais posse de bola e atacar mais o São Paulo. Aos 19 minutos, Juninho avançou pela esquerda e chutou cruzado, para boa defesa de Rogério Ceni.


No lance seguinte, Júnior lançou Alex Dias na esquerda, o atacante entrou na área e devolveu para Júnior, que acabou sendo empurrado pelo zagueiro palmeirense, mas o árbitro não assinalou a penalidade. Na seqüência a bola ainda sobrou para Alex Dias, que chutou para boa defesa de Diego.


Mesmo com 10 jogadores, o Tricolor conseguia levar perigo ao gol palmeirense em rápidos contra-golpes. Foi assim que a equipe chegou em chute de fora da área de Josué.


O Palmeiras mexeu pela última vez aos 32 minutos com a entrada de Marcinho Guerreiro no lugar de Wendell. Aos 37´, Cléber Wellington Abade se equivocou novamente ao marcar pênalti em Marcinho.


O jogador foi lançado na esquerda, parou a bola e fez Ilsinho escorregar. Ao ver o jogador caído, o meio-campista palmeirense se jogou sobre o corpo do são-paulino. Paulo Baier cobrou no canto direito e virou o jogo.


O São Paulo teve boa chance de empatar em cobrança de falta de Rogério Ceni, que o goleiro Diego Cavallieri defendeu. O Palmeiras ainda conseguiu fazer o terceiro gol nos acréscimos, com Marcinho Guerreiro tocando na saída do arqueiro tricolor.


O time volta a campo no próximo sábado (30) para enfrentar o Atlético Paranaense, na Arena da Baixada, em jogo válido ainda pelo primeiro turno da competição, que acabou adiado pela disputa da Libertadores.



PALMEIRAS
Diego, Nen (Rosembrick), Thiago Gomes e Alceu; Paulo Baier, Francis, Wendel (Marcinho Guerreiro), Juninho, Marcinho e Michael; Enílton (Roger)
Técnico: Marcelo Vilar (interino)

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Souza, Alex Silva, Miranda e Júnior; Mineiro, Josué, Richarlyson (Ilsinho) e Lenílson (Danilo); Thiago e Leandro (Alex Dias)
Técnico: Muricy Ramalho

Local: estádio Eduardo José Farah, em Presidente Prudente (SP)
Árbitro: Cléber Welington Abade/SP
Auxiliares: Ednilson Corona e Ana Paula Oliveira/SP
Cartões amarelos: Alex Silva (S), Nem (P), Richarlysson (S), Rogério Ceni (S), Thiago Gomes (P), Alex Dias (S), Josué (S), Roger (P)
Cartão vermelhos: Alex Silva (S)
Gols: Souza, aos 21 e Nen, aos 35 minutos do primeiro tempo. Paulo Baier, aos 38 e Marcinho aos 47 do segundo tempo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 28 de Julho de 2017
Quinta, 27 de Julho de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 26 de Julho de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)