Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

12/04/2015 10:07

A arte de aproveitar o aqui e agora

Heloisa Capelas*

Muitas crenças coletivas contribuem para que muitos de nós pensemos e introjetemos a felicidade como algo que está distante e, muitas vezes, até mesmo inacessível. De certa forma, vemos os ciclos se repetirem. Mesmo que se realize um objetivo e com isso surja o prazer, como a felicidade está longe, a reação natural das pessoas é criar um novo projeto para preencher um novo vazio, e assim por diante.

Com este olhar sempre lá na frente, você perde a oportunidade de viver a felicidade no aqui e no agora. Perde a oportunidadede viver o que é possível! A grande maioria de nós não percebe a felicidade no “hoje” justamente por todos os conceitos tão arraigados que construiu ao longo da vida. Cada um internalizou uma visão, assim como uma expectativa, do que seja ser feliz.

E como se muda todo esse conceito? Iniciando uma revolução interna.

A felicidade é um estado, significa que você “está”. E esse estado tem tempo e duração. A boa notícia é que se pode experienciar esse estado em seu dia a dia. Dá para ser feliz agora, com o que você tem, do jeito que você está e como você é hoje.

Muita atenção! Não estou falando aqui de acomodação, isso não significa que com esse aprendizado seus grandes desejos serão interrompidos ou não vistos, nada disso! Nem tampouco estou ignorando que os momentos ou fases difíceis na vida existam. Sim, os dias ruins podem acontecer, mas, mesmo com eles, podemos aprender a olhar para a sutileza dos pequenos momentos do aqui e do agora.

Há algo que pode lhe entristecer ou aborrecer, mas a vida é mais ampla. Repare, pois seu foco pode estar exatamente no negativo ou, como citei antes, em algo que está apenas lá na frente, por acontecer.

Já sabemos como a vida “deveria ser”, ou melhor, como gostaríamos que ela fosse. E a vida não acontece de acordo com nosso pedido. Nós nos frustramos e com toda essa atenção ao que não dá certo ou no que está por vir, deixamos de viver “este momento”. Perdemos o fim de semana com o filho, a juventude, a tolerância, o bom humor...Situações e experiências que não voltam mais.

Sonhamos com a abundância da felicidade e damos pouquíssimo de nós mesmos para que ela aconteça. Esse é o paradoxo humano. Projetamos tanta coisa na questão da felicidade que não vemos o que existe de positividade e felicidade neste exato momento. Treine o olhar para seus arredores, para os detalhes. Pode ser que hoje esteja um frio do cão e que você esteja se confortando numa xícara quente de café com leite. Pode ser que você esteja neste exato momento no ônibus ou no metrô lotado, mas de alguma maneira conseguiu tirar o
livro da bolsa e está no mínimo distraindo-se.

Perceber que existe positividade e felicidade em qualquer momento é uma prática que exige treino. Há sempre um caminho para a mudança. A estrada do autoconhecimento o ajudará em suas respostas. Com mais consciência sobre “por que você faz o que faz e do jeito quefaz”, você começará a descobrir as falhas que existem nesse modo. Olhará também para os acertos, mas, acredite, em100% das vezes descobrimos algo que pode ser mudado ou melhorado. Você poderá romper o ciclo automático e encontrar novas maneiras de agir.

Heloísa Capelas é autora do livro recém-lançado, o Mapa da Felicidade (Editora Gente).Especialista em Autoconhecimento e Inteligência Comportamental, atua no desenvolvimento do potencial humano há cerca de 30 anos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)