Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/05/2006 19:39

80% dos produtores rurais têm dívidas com bancos

Lourenço Melo/ABr

Pesquisa realizada pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) com 3.201 produtores rurais revela que 80% da categoria estão endividados com bancos e 66% com fornecedores, e que apenas 10% terão lucro nesta safra.

Ao apresentar esses números, o chefe do Departamento Econômico da CNA, Getúlio Pernambuco, afirmou que "a solução para os problemas de agricultores e pecuaristas não está em medidas conjunturais, como as que o governo se inclina a tomar, mas em medidas estruturais". E lembrou que amanhã (16) esses problemas serão discutidos com lideranças partidárias por 12 governadores, em reunião pela manhã no Congresso Nacional.

Entre os entrevistados pela CNA, 76% disseram que vão colher menos neste ano em relação ao ano passado; 70% demitiram ou deixaram de contratar empregados para esta safra; e 68% enfrentam problemas climáticos em suas lavouras. Dos 3.648 pecuaristas também ouvidos, 75% revelaram ter perdido renda nos últimos dois anos, enquanto 23% tiveram prejuízos apenas nos últimos 12 meses. Do total dos produtores, 66% disseram ter vendido matrizes e reduzido pastagens, substiuídas por culturas agrícolas; cerca de 88% informaram que vão faturar menos neste ano do que em 2005; e 53% pretendem reduzir a utilização de insumos, comprometendo a produtividade.

A receita da CNA, segundo Getúlio Pernambuco, é "converter em títulos públicos R$ 12 bilhões dos R$ 15 bilhões que o setor deve". A rolagem dessa dívida por um prazo superior a dez anos, acrescentou, traria liquidez para pagar aos credores, com a movimentação dos papéis no mercado. Pernambuco disse que as recentes medidas adotadas pelo governo "só resolvem os problemas dos agricultores sem dívidas – os inadimplentes continuam sem crédito e, se não houver uma solução efetiva, entrarão em colapso financeiro no próximo ano".

O economista lembrou que outras medidas podem ser adotadas pelo governo e citou a desoneração de impostos sobre o óleo diesel e a quebra de restrições quanto ao uso de agrotóxicos não registrados no Brasil, sob o argumento de que cereais consumidos no país e provenientes do Mercosul contêm agrotóxicos e são consumidos no país.

Na opinião de Getúlio Pernambuco, a crise na agricultura pode ser atribuída não apenas à valorização do real, mas também a problemas climáticos e à queda na cotação dos produtos no mercado internacional.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)