Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

04/10/2004 14:10

55% dos idosos que sustentam lar são mulheres

Radiobras

Ao contrário do que muitos acreditam, não é somente no mercado de trabalho que as mulheres vêm conquistando maior espaço. Por meio dos benefícios concedidos pela Previdência Social, as mulheres com 60 anos ou mais têm sido, cada vez mais, responsáveis por seus domicílios. Esse é o caso da cidade mineira de Raposos, onde 55% dos idosos que sustentam os seus lares são mulheres.

Dados do INSS mostram que existem oito millhões de pessoas no Brasil que recebem a aposentadoria por idade. Desse total, dois milhões de benefícios são destinados a mulheres. Somente em Minas Gerais, as aposentadorias por idade beneficiam mais de 600 mil pessoas com idade acima de 60 anos, entre homens e mulheres. A tendência é de que esse volume seja gradativamente aumentado, segundo o superintendente do INSS em Minas, Márcio Cunha. “A expectativa de vida do brasileiro é de 72 anos”, afirma.

Além dos benefícios previdenciários, os idosos podem contar, também, com o auxílio assistencial equivalente a um salário mínimo, previsto na Lei Orgânica de Assistência Social (Loas). Apesar de não ser vinculado com a Assistência Social, o INSS é encarregado de efetuar a concessão e o pagamento do Loas, em razão de sua vasta rede de agências, da estrutura operacional e da capacitação técnica de suas equipes. Portanto, o dinheiro para o pagamento desses benefícios assistenciais é fornecido pelo Fundo de Assistência Social à conta do Ministério da Fazenda, não sendo utilizados recursos provenientes das contribuições dos segurados da Previdência.

Para isso, os idosos maiores de 65 anos devem comprovar que possuem uma renda familiar per capita inferior a 25% do salário-mínimo, ou seja, a soma dos ganhos de toda a família, dividida pelo número de seus integrantes, deve ser inferior a R$ 65,00. Em Minas Gerais, mais de 66 mil pessoas recebem o auxílio. No Brasil, esse número chega a aproximadamente 650 mil, com um gasto superior a R$ 150 milhões.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)