Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

05/11/2004 13:14

4:Expoinel começa a receber inscrições para julgamento

A 1ª Expoinel MS (Exposição Internacional do Nelore) que será realizada de 15 a 21 de novembro, no Parque de Exposições Laucídio Coelho pela ASCN (Associação Sul-mato-grossense dos Criadores de Nelore). Em uma iniciativa inovadora na história dos julgamentos da raça nelore, a Expoinel MS vai premiar os proprietários do grande campeão e da grande campeã do evento, com uma caminhonete zero quilômetro para cada, enquanto os tratadores concorrerão a duas motocicletas em sorteio.

A proposta é estimular a participação dos criadores e valorizar o trabalho dos tratadores, explica o presidente da ASCN, Ulysses Serra Neto, o Noninho. “Ninguém faz gado sem tratador. Ele é tão importante quanto uma genética de ponta”, afirma Noninho.

Um evento essencialmente técnico, a Expoinel MS leva como slogan “Campo Grande, a Capital da Pecuária”, título conferido por força de lei assinada este ano pelo prefeito André Puccinelli e proposta pelo vereador Edil Albuquerque. Ulysses Serra ressalta a importância da sedimentação dessa identidade para projeção de Campo Grande e do Mato Grosso do Sul, maior produtor de carne e detentor da maior pecuária do País. O Estado é considerado o berço do nelore e a Exposição vem para preencher uma lacuna que essa condição criou. “Tudo que está relacionado ao nelore é superlativo em nosso Estado”, diz Ulyesses Serra. A raça zebuína, de origem indiana, representa mais de 90% do rebanho estadual, que segundo a Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) se aproxima de 25 milhões de cabeças. Vanguardista no melhoramento de seus animais, tendo a Embrapa Gado de Corte em sua Capital, o Mato Grosso do Sul está em pé de igualdade com os grandes centros comercializadores e uma das metas da Expoinel MS é justamente encurtar a distância de preços pagos por animais de elite em relação a outras praças, como Uberaba (MG), por exemplo.

A idéia também envolve a pecuária de corte que vive transtornos pelo achatamento de preços diante do aumento de custos. Tendo mais acesso a informações e tecnologias, esses pecuaristas também podem se tornar mais eficientes, competitivos e envolvido nas questões que afetam diretamente seus bolsos. “Hoje embora existam fortes lideranças os pecuaristas ainda estão distantes das mesas onde são tomadas as decisões”, explica Noninho.

Já estão confirmados ao longo do evento sete leilões de elite que juntos dos de corte devem comercializar cerca de cinco mil animais. Participando dos julgamentos estão previstos cerca de mil bovinos no Parque. Reforçando o caráter técnico do evento, serão realizadas palestras, exposição de artes e de fotografias e cursos de doma, de julgamento, curso de casqueamento e Procan. Os temas foram selecionados oportunamente, como por exemplo, as questões do casqueamento e o Procan, nas quais a classe produtora de um modo geral tem encontrado grandes dificuldades. Encontrar um profissional hábil em fazer o casqueamento dos bovinos, afirma Noninho, é tarefa difícil. Já o Procan é o software para abastecer o banco de dados da ABCZ (Associação Brasileira de Criadores de Zebu), com informações sobre nascimentos, acasalamentos e outras de rotina. Como é um programa novo ainda existem muitas dúvidas em relação à sua operacionalização.

Também estão incluídas na programação vistas técnicas que consistem em excursões em propriedades do Estado que desenvolvem projetos apurados de melhoramento e também à Embrapa Gado de Corte. O presidente da ASCN afirma que já tem recebido confirmação de presença de pecuaristas de vários Estados e prevê participação maciça. “O Brasil vai estar na Expoinel de Campo Grande”, acredita.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)