Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

02/10/2007 12:44

27 candidatos disputam vaga de desembargador pela OAB

Maristela Brunetto/Campo Grande News

A vaga que a OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil) terá no Tribunal de Justiça com a aposentadoria de Carlos Stephanini atraiu o interesse de 27 advogados. O prazo para inscrição terminou ontem. A lista será votada no Conselho da OAB e os seis nomes com maior votação serão submetidos ao TJ (Tribunal de Justiça), que deixará os três mais votados pelos desembargadores para análise do governador André Puccinelli. No caso da lista do Ministério Público, ele escolheu o procurador mais votado, Carlos Contar, para desembargador.

A OAB recebeu inscrição somente de advogados atuantes no Estado há mais de cinco anos. Entre os inscritos, Ernesto Borges Neto se desligou do cargo de procurador jurídico da Prefeitura de Campo Grande para concorrer. O procurador-geral do Estado, Rafael Coldibelli Francisco, que é concursado, também disputa, porém não precisou se desvincular.

O ex-procurador da prefeitura, Sérgio Martins, que atuou na gestão de Puccinelli também concorre. Outro que se inscreveu e já atuou no serviço público foi José Wanderley Bezerra Alves, procurador-geral do Estado no Governo Zeca. A lista tem ainda advogados famosos, como o criminalista Ricardo Trad; Nery Sá e Silva de Azambuja, que concorreu à presidência da Ordem; André Luiz Maluf e José Goulart Quirino.

Confira os outros concorrentes: Albino Romero, Antônio Carlos Garcia de Queiroz, Antônio Cézar Lacerda Alves, Atílio Magrini Neto, Edson Macari, Jair de Alencar, Jôni Vieira Coutinho, Júlio César Souza Rodrigues, Luiz Tadeu Barbosa Silva, Nercílio Claudino da Rocha, Nilton César Antunes da Costa, Odil Tadeu Giordano, Olga Lemos Cardoso de Marco, Osório Caetano de Oliveira, Paulo César Pereira da Silva, Rafael Coldibelli Francisco, Raimundo Girelli, Roberto Claus, Wanderley Buchara Brito de Alencar e Wilson Pereira Rodrigues.
Há prazo de cinco dias para quem queira impugnar nomes.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)