Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

28/09/2010 07:26

1.702.511 eleitores vão às urnas dia 3 em MS

Edmir Conceição, TV Morena

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MS) confirmou que 1 milhão, 702 mil e 511 eleitores estão aptos a votar em Mato Grosso do Sul no próximo domingo, 3 de outubro. De acordo com o Tribunal, em todo Estado devem funcionar 5.149 seções eleitorais. Na Capital, são 541.716 eleitores em 1.507 seções.

A Justiça Eleitoral mobilizou para as eleições de domingo 54 juízes e 54 promotores eleitorais e 20.596 mesários em todo o Estado. Serão empregadas na votação 6.227 urnas eletrônicas, sendo 1.078 reservas. Outras 442 urnas serão adaptadas para atender os deficientes visuais com recurso de fone de ouvido e áudio.

O cidadão convocado para integrar mesa receptora de votos ou de justificativas que não comparecer ao local no dia e na hora determinados para a realização das eleições estará sujeito à multa (cerca de R$ 35), se não apresentar justificativa ao juiz eleitoral até 30 dias após a eleição. Se o mesário faltoso for servidor público ou autárquico, pode levar suspensão de até 15 dias no trabalho.

Gastos
Nestas eleições o TRE-MS prevê gastos de R$ 4,5 milhões, mas há margem de suplementação no caso da eleição não se definir no primeiro turno. Os principais gastos são com transporte, alimentação e horas extras de servidores.

Em Mato Grosso do Sul, existem 479 seções em locais de difícil acesso. Desse total, o TRE utilizará o sistema via satélite BGAN para transmitir os votos de 169 seções, que abrigam 41.886 eleitores. As outras 310 seções em locais de difícil acesso que possuem 84.959 eleitores não utilizarão o sistema via satélite.

Justificativa

Para o eleitor que precisa justificar sua ausência no dia da votação é só se dirigir a qualquer seção eleitoral e preencher o formulário. Quem quiser se adiantar já pode entrar no site www.tre-ms.jus.br e acessar o formulário on-line. Após o preenchimento, o eleitor deve entregar o documento em uma seção eleitoral no dia da votação, pois não há recebimento via Internet.

A partir destas eleições, o eleitor terá que levar dois documentos – o título e um documento oficial com foto.
Como documento oficial serão aceitos a carteira de identidade ou documento de valor legal equivalente (identidade funcional), carteira de trabalho ou de habilitação com foto e certificado de reservista ou ainda o passaporte. Já as certidões de nascimento ou casamento não serão admitidas como prova de identidade.

Baseado em informações das últimas eleições, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) calcula que o eleitor brasileiro levará, em média, 1 minuto e 30 segundos para votar no próximo dia 3 de outubro.

Na última eleição realizada pelo TSE, em 2008, os brasileiros elegeram prefeitos e vereadores nos 5.563 municípios do país. Para votar em dois cargos, os eleitores gastaram, em média, 31 segundos. Esse tempo é calculado a partir do momento que o eleitor se dirige a urna até o momento que ele confirma o voto no segundo cargo.

Já o tempo médio de atendimento foi de 39 segundos. Esse tempo é contado a partir da digitação do número do título do eleitor por parte do mesário até a confirmação do voto no segundo cargo.

Em 2010, os eleitores escolherão representantes políticos para seis cargos: deputado estadual ou distrital; deputado federal; senador 1, senador 2, governador e presidente da República. Por isso, a expectativa é de que cada eleitor gaste um tempo maior para digitar seus votos na urna.

Cola

Para facilitar o procedimento no dia da votação, a Justiça Eleitoral incentiva os eleitores a levarem o número de seus candidatos anotados em um papel, a chamada cola eleitoral.

(*) Com informações do TRE-MS

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)