Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

14/09/2004 10:29

15 milhões de brasileiros têm problemas de audição

Edson Parente

Mais de 15 milhões de brasileiros têm problemas de audição, segundo dados da Organização Mundial de Saúde. O que poderia ser um problema simples de ser resolvido - uma vez que a tecnologia atual já proporciona uso de aparelhos quase imperceptíveis - ganha contornos de epidemia. Apenas 40% dos afetados reconhecem a doença. A falta de informação e o preconceito fazem com que a maioria demore, em média, seis anos para tomar uma providência.

Preocupada com esses índices, a Academia Brasileira de Otologia (ABO) lança a Campanha Nacional da Audição. A iniciativa, que conta com o apoio de empresas do setor de Audiologia e da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia, terá início em 20 de setembro, quando se comemora o Dia do Idoso, e promoverá ações de conscientização por todos o País. O objetivo é desmistificar alguns tabus que envolvem a deficiência auditiva e melhorar a qualidade de vida de quem sofre com o problema.

Especialistas são unânimes em afirmar que é preciso acabar com o preconceito que rodeia os problemas auditivos. Reconhecem que audição é ponto de equilíbrio e ponte para uma vida social. Pesquisas informais constataram que a maior parte dos surdos preferia ser cega. A explicação dada por quem estuda o assunto é que a surdez causa mais solidão do que a cegueira.

"O maior dilema do surdo acontece em casa. Com o tempo, quem tem problemas deixa de freqüentar a mesa com a família e a sala de televisão. A criança fecha a janela do conhecimento e se isola. A maior parte da sociedade tem dó do cego e raiva do surdo" explica Dr. Luiz Carlos Alves de Sousa, diretor da Academia Brasileira de Otologia e coordenador nacional da campanha.

“Quando identificado o problema, e indicado o uso de aparelho auditivo, o paciente se sente punido por isto. Infelizmente, este preconceito está entre as maiores dificuldades na reabilitação da perda auditiva. Precisamos mudar essa imagem. O aparelho, muitas vezes, é a solução ideal inclusive para outros problemas relacionados à deficiência auditiva, tais como a dispensa profissional”, como observa o presidente da instituição, Sady Selaimen da Costa.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)