Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

16/03/2006 17:30

Senado ''ficou menor'' , diz presidente da CPI

Ana Paula Marra/ABr

A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de suspender o depoimento do caseiro Francenildo Santos Costa na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Bingos deixou irritados muitos senadores, O presidente da CPI, senador Efraim Morais (PFL-RN), disse que, com a decisão, o Senado "ficou menor". Ele informou que vai entrar, ainda hoje (16), na Assessoria Jurídica do Senado com um pedido de cassação da liminar concedida pelo ministro Cezar Peluso.

"Em nenhum momento, a CPI dos Bingos saiu do foco. E digo mais: vamos continuar trabalhando e investigando os fatos para preparar o relatório final da CPI e entregá-lo à Justiça", afirmou Efraim, contestando o senador Tião Viana (PT-AC), que entrou hoje no STF com mandado de segurança alegando que a audiência pública com o caseiro fugia ao objeto de investigação da CPI.

O senador Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA), que também contestou a decisão do Supremo, disse que o Senado vai reagir: "Vamos reagir, vamos mostrar a força do Congresso Nacional", afirmou.

A decisão do ministro Cezar Peluso concedeu, em parte, liminar requerida pelo senador Tião Viana, suspendendo, até o julgamento final (de mérito) da causa, o depoimento de Francenildo Santos Costa na CPI do Senado Federal. Segundo a Assessoria de Imprensa do STF, ainda não há previsão para o julgamento de mérito.

O depoimento do caseiro começou antes de ser divulgada a decisão do STF. Costa chegou a depor durante uma hora. Ele disse que confirmaria "até morrer" a declaração dada ao jornal O Estado de São Paulo de que o ministro da Fazenda freqüentava a casa alugada em Brasília por um ex-assessor de Palocci na prefeitura de Ribeirão Preto (SP). Segundo Costa, o ministro chegava ao local dirigindo um automóvel Peugeot, na cor prata, e a mansão era usada, basicamente, para a realização de festas.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)