Cassilândia, Segunda-feira, 22 de Outubro de 2018

Últimas Notícias

17/09/2018 10:40

"Quantos anos você tem? O relógio epigenético poderá dizer"

Correio do Estado

Há apenas um ou dois séculos, a estimativa de vida era de apenas trinta ou quarenta anos. Sempre que penso nas histórias de antigos anciões que cuidavam da tribo, imagino os sábios velhinhos que lideravam as aldeias e tinham aproximadamente a minha idade, com no máximo quatro décadas. Entretanto, nos dias de hoje, almejamos viver mais de um século e dada as condições de saúde e alimentação realmente podemos chegar lá, se não tivermos algum entremeio em nossa jornada. Mas com o aumento da expectativa vem também o envelhecimento da população e com isso muitos anos de vida.

Quantas vezes perguntamos a idade de alguém e somos culpados pela sociedade. Não seja indiscreto, responderia a maioria das mulheres que lutam para manter a juventude eterna. A verdade é que não existem muitas formas de se detectar a idade com precisão, sendo a palavra e os documentos do cidadão os mais utilizados. Todavia, essa estratégia decididamente não tem sido uma maneira real de medir a idade. A antiga presidenta da argentina Eva Perón afirmava deliberadamente que era mais jovem por razões políticas. Por outro lado, o lendário criador de inúmeros personagens Walt Disney fingiu ser mais velho para poder entrar no Exército e ir à guerra.

O fato é que muitas pessoas mentem sobre a sua idade por vários motivos, desde que o mundo é mundo. No entanto, falsear a idade pode ser muito mais sério do que reduzir 5 anos em uma conversa de bar. Inúmeros escândalos nas últimas décadas em vários esportes, como o futebol e a ginástica, forçaram a ciência a descobrir maneiras de medir a idade de um indivíduo sem que a única resposta seja a sua palavra.

A Fifa, por exemplo, tem examinado o tamanho dos ossos dos jogadores que entram em competições de jovens a fim de verificar se os atletas são realmente novos o suficiente para competir. Para isso, o exame de pulso, que consiste em um dos vários testes anatômicos disponíveis, pode ser utilizado a fim de determinar a maturidade do atleta. Entretanto embora úteis, tais testes são complicados e apresentam baixa precisão.

Outro problema abordado pela idade está no trânsito e salvamento de refugiados. As regras das Nações Unidas dizem que os menores de 18 anos devem receber proteção e assistência especiais imediatas. Assim alguns adultos se passam por mais jovens a fim de reivindicar esses benefícios. Desse modo, cientistas europeus têm estudado um novo método, conhecido como relógio epigenético. Tal relógio epigenético consiste em um teste molecular que busca marcas químicas distintas que são conhecidas por se acumularem continuamente no DNA de cada pessoa. Essa avaliação pode ser realizada de modo fácil e simples, utilizando apenas um cotonete. Os pesquisadores acreditam que esse método poderia prever a idade de forma mais confiável de atletas e refugiados em poucos anos. No entanto, inúmeros testes ainda serão necessários e deverão ser aplicados em diferentes populações. Além disso, existem incontáveis outras utilidades dos testes, incluindo o trabalho forense, que poderiam auxiliar na elucidação da idade de suspeitos a partir de sêmen ou sangue, construindo um caso mais sólido.

Vale ainda ressaltar que os testes estão sob debates éticos, uma vez que podem definir quem será salvo ou não no caso de refugiados. Diante de todos esses fatos, os cientistas notoriamente deverão criar os testes, mas a sociedade deverá refletir e decidir como esses devem ser usados. Em muitos casos a idade não consiste apenas em um número sem importância, mas, sim, na definição de sobreviver ou não. A ciência está vigilante ao nosso lado, atuando sabiamente para solucionar os problemas de nossa sociedade.

*Octavio Luiz Franco é professor do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia da Universidade Católica Dom Bosco

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 21 de Outubro de 2018
11:00
Mundo Fitness
09:00
Santo do Dia
Sábado, 20 de Outubro de 2018
11:00
Mundo Fitness
09:00
Santo do Dia
Sexta, 19 de Outubro de 2018
09:00
Santo do Dia
04:16
Cassilândia
Quinta, 18 de Outubro de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)