Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

20/06/2013 18:27

Palestra ressalta migração do AM durante a Tech Days em Campo Grande

Redação

Campo Grande recebeu nesta segunda e terça-feira (18) a Tech Days - Encontro de Tecnologia para Radiodifusão, evento organizado pela Embrasec, editora da revista Rádio e Negócios, com promoção da Associação das Emissoras de Radiodifusão do Mato Grosso do Sul (Aerms). Diversos assuntos foram abordados durante o evento, porém, um dos destaques foi a palestra do diretor jurídico da Abert, Rodolfo Machado Moura, que falou sobre a migração das rádios AM para o espectro FM.

Moura afirmou que a migração das rádios AMs será facultativa e não obrigatória. A mesma afirmação foi feita pelo secretário da Abert, Genildo Lins, que ressaltou ainda que a mudança será onerosa para o radiodifusor, que dever arcar com os equipamentos e um valor mínimo da outorga de canal FM para o município onde está sediado.
Ainda durante a palestra, o diretor jurídico disse que a minuta do projeto já está pronta e será enviada para o Congresso Nacional. Ele calculou ainda que 80% das emissoras AM do Brasil desejam migrar para o FM. A expectativa é que já a partir do segundo semestre as AMs comecem a fazer a migração.
Outro detalhe que foi abordado na palestra foram os critérios para a mudança. Rodolfo falou sobre a alteração de características legais, técnicas e operacionais da mudança. Segundo ele, a migração dependerá de viabilidade técnica, da adimplência da entidade junto ao Fistel, e ao pagamento do valor da outorga no município onde a rádio está sediada. Rodolfo ressaltou ainda que, na hipótese de, no momento da migração, o padrão digital do rádio FM estiver definido, o radiodifusor terá que se adequar ao novo sistema.
Em relação a potência das rádios que passarão a ser FM, o diretor jurídico explicou que, caso a rádio em Ondas Médias estiver na classe A, deverá ter seu enquadramento alterado para o piso da classe E em FM. As AMs que estiveram na classe B, passarão a ter o enquadramento na classe A. As rádios que estiverem na classe C, em FM deverão ter enquadramento da classe B e, por fim, a potência máxima da emissora em Frequência Modulada estará limitada à potência da rádio em Ondas Médias.
A Tech Days terminou nesta terça-feira e reuniu um grande número de radiodifusores e profissionais da área que participaram das outras palestras e painéis. O ciclo de eventos que terá sequência em setembro, em Porto Seguro (com apoio da Abart) e em Belém (com apoio da Apert).

 

Colaborou: Manoel Afonso

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)