Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

26/06/2015 17:19

"Não renunciei", diz Blatter a jornal

Midiamax

Em entrevista à publicação suíça, presidente da Fifa afirma que, em vez de renunciar, ofereceu mandato. Fonte da entidade diz que dirigente não usara palavra "renúncia", mas que pretende sim entregar o cargo.

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, disse que não renunciou à presidência da Fifa, segundo reportagem publicada pelo jornal suíço Blick nesta sexta-feira (26).

"Eu não renunciei, estou oferecendo meu mandato num conngresso extraordinário", disse Blatter ao Blick, aumentando as especulações de que ele possa tentar continuar na direção da entidade máxima de futebol.

Segundo a publicação, o comentário foi feito nesta quinta-feira, na primeira aparição pública de Blatter após o anúncio de que deixaria o cargo em setembro, há quase um mês. Ele participou de uma cerimônia no novo museu da Fifa, em Zurique, que deve ser aberto ao público em 2016.

O cartola de 79 anos, que comanda a Fifa há quase duas décadas, comunicou a renúncia à presidência no dia 2 de junho, em meio ao escândalo de corrupção envolvendo dirigentes da entidade. Na ocasião, Blatter, que foi reeleito em maio, convocou eleições para a escolha de um novo líder.

De acordo com uma fonte da Fifa, Blatter vai sim renunciar. "Ele não usou a palavra 'renúncia' no dia 2 de junho, mas disse que estava entregando seu mandato, e é exatamente isso que ele pretende fazer."

Outro porta-voz da entidade disse à agência Reuters que as citações feitas pelo Blick foram precisas. "Elas seguem a mesma linha do discurso do presidente do dia 2 de junho."

Há quase duas semanas, o jornal suíço Schweiz am Sonntag escreveu que Blatter considerava permanecer no cargo, com base na declaração de uma fonte anônima próxima ao presidente da Fifa.

O presidente do comitê de auditoria da Fifa, Domenico Scala, reagira à notícia afirmando ser "indispensável" que haja uma mudança na liderança do organismo que tutela o futebol mundial. "Para mim, as reformas são o tema central", escreveu Scala, em comunicado. "É por isso que acho ser claramente indispensável prosseguir com o processo iniciado de mudança de presidente, como foi anunciado."

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)