Cassilândia, Sábado, 25 de Maio de 2019

Últimas Notícias

12/11/2018 14:00

"Nada definido", diz Reinaldo sobre mudanças "pontuais" no Governo

Chefe do Executivo estadual disse que só discutirá alterações em seu quadro de gestão no fim da semana

Campo Grande News

Durante a primeira agenda após o 2º turno, nesta segunda-feira (dia 12) em Campo Grande, o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), afirmou que ainda não definiu as mudanças em seu secretariado. As que ocorrerem, "serão pontuais".

"Estou impressionado com a criatividade dos nomes que estão sendo ventilados, porque até o momento não falei sobre nenhum novo nome para as secretarias". Segundo o chefe do Executivo estadual, ao aprovar sua reeleição, a população também considerou positiva sua equipe.

A ideia é discutir o assunto depois da visita a Brasília. Amanhã até quarta-feira (dia 14), o governador vai se reunir com a equipe de transição do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) e com o próprio para discutir as pautas de Mato Grosso do Sul.

Reinaldo voltou a dizer que, "em momento nenhum", falou que fará qualquer nova reforma. "Serão mudanças pontuais, até porque já temos a menor estrutura administrativa do País, com 10 secretarias. Não paramos ainda para analisar o que será mudado e muito menos nomes. Não há nada definido".

A pergunta ao governador foi se nomes como o do deputado eleito Carlos Alberto David dos Santos (PSL) e do senador Pedro Chaves (PSC) poderão assumir cargos. Nos bastidores, eles estariam sendo cotados para secretários de Segurança e Educação, respectivamente.

As saídas de Guaraci Fontana, da secretaria de Fazenda, e de Jaime Verruck, do Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, também foram ventiladas. O governador, no entanto, não quis falar sobre nenhum nome, seja quem está de saída ou entrada no governo.

Quem é tido como certo para voltar ao governo é Carlos Alberto Assis, que deixou o cargo de secretário de Administração e Desburocratização para coordenar a campanha de Reinaldo. Segundo a assessoria e também o atual secretário Édio Viegas, a volta de Assis está marcada para 19 de novembro.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 25 de Maio de 2019
Sexta, 24 de Maio de 2019
10:00
Receita do Dia
07:20
Atenção motoristas e ciclistas
Quinta, 23 de Maio de 2019
22:00
Loterias
21:45
Loterias
21:42
Loterias
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)