Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

14/01/2015 18:49

Mãe salva vida do filho de 8 anos e depois morre afogada

Terra
Juliane estava com a família aproveitando do período de férias na praia de água doce quando viu que o filho estava se afogando Foto: Araguaia Notícias / ReproduçãoJuliane estava com a família aproveitando do período de férias na praia de água doce quando viu que o filho estava se afogando Foto: Araguaia Notícias / Reprodução

A cabeleireira Juliane Mores Amorim, de 30 anos, morreu afogada, após salvar o filho, de 8 anos, e um colega dele, da mesma idade. O acidente fatal aconteceu no final da tarde desta terça-feira (13), na praia da Rapadura, em Barra do Garças (MT).

De acordo com o Corpo de Bombeiros, Juliane estava com a família aproveitando do período de férias na praia de água doce, uma das mais perigosas do rio Garças, quando viu que o filho estava se afogando. Desesperada, ela entrou correndo na praia e tentou agarrá-lo. Depois de tirar o menino, o colega dele também começar a se afogar e, assim que ela salvou o segundo garoto, com a ajuda de uma prima, perdeu as forças.

Juliane já foi retirada do rio, por um outro banhista, sem vida. Fizeram massagem, acionaram o Corpo de bombeiros, que quando chegou ao local do acidente, encaminhou a prima, desacordada, às pressas ao hospital.

Além de beber muita água, Juliane também engoliu areia, movida pelos rebojos.

Juliane completou 30 anos no dia 30 de dezembro.

O corpo foi sepultado às 17h30 desta quarta-feira.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)