Cassilândia, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

21/02/2006 15:25

INSS acaba com terceirização de perícia médica

Aécio Amado/Campo Grande News

O Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) acabou com o serviço de perícia médica terceirizada. Desde a última segunda-feira (20), ela está sendo feita apenas por peritos médicos do quadro do INSS.

"Essa mudança é importante porque vai permitir ao INSS a padronização dos procedimentos, a aplicação de índices de qualidade e produtividade na realização das perícias. A gente vai ter um exame muito mais qualificado, e sobre os quais o INSS terá mais controle", disse o presidente do INSS, Valdir Simão, em entrevista ao programa Redação Nacional da Rádio Nacional do Rio de Janeiro.

Segundo ele, o INSS possui profissionais suficientes para substituir os 2.500 médicos terceirizados dispensados. Mesmo assim, o órgão vai promover concurso público para a contratação de mais 1.500 profissionais.

Simão admitiu a existência de problema no atendimento de perícia médica em alguns postos da cidade de São Paulo. Esses problemas estariam sendo solucionados com a transferência de peritos de outras regiões. Os transferidos permanecerão nesses postos até julho, quando chegarão os novos contratados.

O presidente do INSS confirmou a mudança na regra da perícia médica para efeito de recebimento do benefício. Segundo ele, a partir de agora, o segurado terá a possibilidade de fazer o pedido de reconsideração do seguro com dez dias de antecedência do fim do benefício. A regra anterior previa que o pedido só podia ser feito até cinco dias antes do término do benefício ou até trinta dias depois.

"Nós estamos antecipando a reconsideração até dez dias antes do término do benefício, dando mais comodidade ao nosso segurado e a possibilidade dele fazer a perícia antes de terminar o seu benefício, e conseqüentemente o seu pagamento", explicou Valdir Simão.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)