Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

29/06/2011 07:02

Insônia traz inúmeros problemas ao dia a dia das pessoas

Agência do Rádio

Parece que a companheira de muitos brasileiros na hora de dormir é a preocupação. Só que perder o sono, por conta das dívidas, das responsabilidades e das preocupações trazem muitos prejuízos para a saúde. A insônia, é um distúrbio do sono, que, segundo estimativas, afeta 70% da população em algum momento da vida. As causas desse transtorno podem ser psicológicas ou físicas. Por isso, é importante que quem sofre com a insônia procure um médico e inicie o tratamento o quanto antes. A neurologista do Hospital Federal de Bomsucesso, no Rio de Janeiro, Luciana Pamplona , explica que esse distúrbio do sono traz inúmeros prejuízos a saúde e ao dia a dia das pessoas, podendo até diminuir a expectativa de vida.


\"Diminui a expectativa de vida porque as pessoas ficam com maior risco de acidente por causa da sonolência. Elas ficam mais sensíveis a outras doenças, por exemplo, a hipertensão, distúrbios gástrico intestinais . Uma pessoa que já vai doente e não tem uma atenção boa, capacidade de concentração diminuída, ela fica com maior dificuldade laborativa, logo, dificuldade para conseguir emprego ou manter o emprego.\"

P: Mas como trocarmos a companhia da preocupação e do estresse por uma noite mais tranqüila de sono? A especialista dá as dicas.


\"O que a gente pode fazer para tentar melhorar o padrão de sono, quando não há uma doença básica causando essa insônia é adotar uma coisa chamada higiene do sono, ou seja, evitar atividades estimulantes, evitar uso do computador, ver televisão até mais tarde, isso nas duas horas que antecedem o sono. Praticar atividade física durante o dia. Evitar o uso de substâncias como o café, chocolate. E tentar técnicas de relaxamento. Se não for possível evitar a preocupação que a gente tem pelo menos minimizar isso com técnicas de relaxamento.\"

A especialista afirma ainda que os medicamentos para dormir devem ser consumidos apenas com a indicação de um médico.

Reportagem, Vanessa Silvestre


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)