Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

09/11/2013 11:33

"Estou confiante", diz mato-grossense que disputa Miss Universo

G1
Jakelyne Oliveira acena ao público após ser coroada Miss Brasil (Foto: Carol Gherardi/Band)Jakelyne Oliveira acena ao público após ser coroada Miss Brasil (Foto: Carol Gherardi/Band)

A Miss Brasil 2013 Jakelyne Oliveira disputa neste sábado (9) em Moscou, na Rússia, o título de mulher mais bonita do mundo. A mato-grossense, que já conquistou o título em cinco concursos de beleza, disse estar tranquila e otimista em relação ao Miss Universo. Ao longo da semana, Jakelyne Oliveira participou de duas provas eliminatórias, mas que terão os resultados divulgados apenas no momento da grande final.

“Estou me sentindo muito bem, bastante confiante e muito feliz por estar tendo um bom desempenho aqui no Miss Universo e estar representando o meu país, o meu estado, a minha cidade, que para mim é uma honra muito grande”, afirmou Jakelyne em entrevista ao G1. A mato-grossense, que nasceu em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, foi eleita Miss Brasil em setembro e desde o dia 22 de outubro está na capital russa se preparando para a disputa mundial.

Nas provas eliminatórias, Jakelyne já desfilou de biquíni e trajes de gala. Ela também já respondeu às perguntas feitas pelos jurados na fase eliminatória. Das 86 concorrentes, apenas 15 vão disputar a final. A mato-grossense acredita que se destacou nas respostas aos questionamentos dos jurados. “Pude expressar melhor quem realmente sou e falar um pouco de mim. Eu gostei porque consegui transparecer a pessoa que eu sou de verdade”, declarou.

Ansiosa pelo evento final ela se diz realizada e feliz com tudo o que já conquistou. “Eu já me sinto uma vitoriosa porque eu nunca imaginei que conseguiria estar onde eu estou hoje”, afirmou.

Preparação
A rotina pré-concurso é bastante intensa. A Miss Brasil tem se dividido entre eventos, ensaios e malhação, pois Jakelyne quer manter o preparo que fez antes de ir para a Rússia. Mesmo com uma rotina tão atribulada e com saudades da família ela diz que vai sentir falta das outras candidatas. “Eu estou bastante triste por estar acabando, porque eu me familiarizei muito aqui e as meninas são maravilhosas. Tem uma clima muito saudável aqui dentro”, declarou. Ela divide quarto com a candidata angolana, de quem ficou muito próxima.

Jakelyne Oliveira também agradeceu o apoio e a torcida dos brasileiros pois, segundo ela, esse é seu maior incentivo. Quanto às críticas que recebe, ela disse que procura ouvir e tornar em algo construtivo. “A vida é assim, não tem como agradar a todos, mas as pessoas que estão me apoiando eu agradeço mesmo, porque eu estou fazendo o melhor que eu posso. Ter o apoio delas faz com que eu queira fazer melhor ainda para representar o meu país da melhor forma possível”.

Família
A mãe de Jakelyne, Silvia de Oliveira, disse que a família está muito feliz com a posição da filha. Mesmo não tendo ido para a Rússia, ela afirma que conversa todos os dias com a filha. “Estou ansiosa, na vontade que ela volte logo, ao mesmo tempo em que desejo muito que ela consiga ganhar esse título”, explicou.

Jakelyne Oliveira tem 20 anos e é a terceira Miss a conquistar o título nacional por Mato Grosso, mas a primeira que nasceu no estado. Ela sempre morou em Rondonópolis, onde cursava a faculdade de engenharia agrícola e ambiental na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), que trancou para participar dos concursos. Além de Miss Brasil, ela já conquistou os títulos de Miss Rondonópolis, Miss Mato Grosso, Miss Globo Brasil e Miss Globo Internacional. Se ganhar o Miss Universo vai ser a terceira brasileira a conquistar a coroa, um título que o país não leva há 45 anos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)