Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/09/2012 11:14

Coluna A Justiça e Você: Desaposentadoria: o que é?

Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiro

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad 2009) apontou que existem no Brasil cerca de 18,5 milhões de aposentados sem restrição de idade, ou seja, por tempo de contribuição. Destes, cerca de 5,4 milhões estavam ocupados, a maioria no setor informal (sem contribuição para a Previdência Social) e apenas 21% deles (cerca de 1,1 milhão) contribuía.




Estes números assinalam que, apesar de muitos brasileiros se aposentarem, alguns continuam a trabalhar e a realizar pagamento no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Com isso, apesar de obterem duas rendas (aposentadoria e trabalho), continuam a pagar pelo benefício de que já estão desfrutando. Esta matemática é como tirar um dinheiro já guardado mensalmente, mas, ainda assim, continuar poupando. E, quanto mais se poupa, mais se ganha!




Pensando nisso, muitos brasileiros começaram a reivindicar o direito à desaposentadoria, abrindo mão do benefício atual e solicitando um novo cálculo, possibilitando um incremento no valor. “Desaposentar” é, portanto, pedir o recálculo do benefício, levando as contribuições feitas após a aposentadoria.




Dados do INSS mostram que cerca de 500 mil aposentados continuam a trabalhar e, consequentemente, a contribuir para a Previdência. Destes, 70 mil reivindicam o direito nos tribunais.




O pedido de revisão deve ser feito inicialmente à Previdência, mas nem sempre é aceito. Caso seja negado, é possível entrar com processo para que seja analisado o direito. Em alguns casos, juízes aceitam o aumento, mas solicitam a devolução integral da quantidade recebida. Em outros, não. Por isso, é aconselhável que seja feita análise minuciosa do tempo de contribuição e da diferença dos valores que haveria no caso do aceite da Justiça. Sabendo se realmente haverá incremento significativo, o esforço vale a pena.




Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)