Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

09/08/2007 15:09

CENSO: Mais de 96% dos segurados se recensearam

AgPrev

O Ministério da Previdência Social já recenseou um total de 16.573.223 segurados dos 17.197.837 previstos pelo Censo Previdenciário em todo o País. O total de benefícios cancelados direta ou indiretamente pelo Censo é de 511.188 benefícios. A economia anual para os cofres do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já soma um total de R$ 416.998.142,34.

O Censo, iniciado em novembro de 2005, com previsão de término em setembro, foi responsável direto pelo cancelamento de 74.824 benefícios de segurados que não compareceram a uma agência bancária para responder ao censo. Além disso, outros 436.364 benefícios foram cancelados porque motivos diversos, como: morte de segurados e dependentes que chegaram à maioridade, fatos que foram rapidamente comunicados ao INSS, seja pelos familiares seja pelos próprios beneficiários; e, até mesmo por falta de saque.

Faltam se recadastrar 113.426 segurados. Deste total, 35.854 são de benefícios ativos e o restante está suspenso temporariamente porque os segurados ainda estão dentro do prazo de recadastramento nas agências bancárias onde recebem os benefícios ou nas Agências da Previdência Social, caso o prazo de comparecimento ao banco tenha se esgotado. Todos já foram convocados por carta ou edital.

Durante todo o processo do censo, o segurado tinha um prazo de dois meses para se recensear espontaneamente nas agências bancárias. Quando ele não comparecia, era comunicado por cartas e editais de que o benefício seria suspenso a partir do mês seguinte e que ele só voltaria a receber o pagamento se fizesse o censo. Do total recenseado 87% dos segurados atenderam as convocações e se recensearam dentro do prazo previsto. Outros 13% somente realizaram o Censo quando tiveram seu pagamento suspenso/cessado e precisaram ser cientificados de tal fato via carta ou edital.

O objetivo do Censo é atualizar a base de dados de Previdência Social e, como conseqüência, eliminar pagamentos indevidos de benefícios. Para se recadastrar, o segurado precisa ir até a agência bancária onde recebe o benefício com documento de identidade, CPF e comprovante de residência.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)