Cassilândia, Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

27/05/2016 13:00

Amenorreia: quando ela ocorre? Quais são as causas?

Abc Med

Amenorreia é a ausência regular de menstruação. Pode ser primária ou secundária. A amenorreia primária é a ausência da menarca, isto é, da primeira menstruação. A amenorreia secundária se dá por falta de menstruação em mulheres que já apresentaram ciclos menstruais normais anteriormente.

Quais são as causas mais comuns da amenorreia?

As amenorreias podem dever-se a várias causas, tais como:

Uso de medicamentos.
Gravidez.
Tumores.
Estresse, etc.

Em mulheres em idade reprodutiva e com vida sexual ativa a causa mais comum de amenorreia é a gravidez. Mulheres que praticam exercícios exaustivos, que fazem dietas bruscas ou que ingerem hormônios masculinos tendem a ter amenorreia com maior frequência do que outras. Em suma, diversos tipos de causas podem ser considerados:

Amenorreias fisiológicas: ocorrem normalmente durante a gestação, amamentação e menopausa.
Amenorreias anatômicas: devido a uma malformação ou ausência do útero, inativação do endométrio ou do ovário, destruição da mucosa uterina, etc.
Anovulação: por causas psicológicas, pseudociese (gravidez psicológica), anorexia, obesidade, atividade física excessiva, desnutrição, etc.
Síndrome dos ovários policísticos: ocorre ausência de ovulação.
Causas endócrinas: hipotireoidismo, hiperprolactinemia, hiperplasia das suprarrenais.
Falência ovariana prematura: inativação precoce dos ovários, menopausa precoce.
Causas genéticas: disgenesia ovariana, pseudo-hermafroditismo feminino ou masculino, hermafroditismo verdadeiro.

Como os médicos diagnosticam a amenorreia?

Diante da constatação da amenorreia, cabe ao médico determinar a sua natureza, para o quê pode valer-se de alguns exames complementares, tais como teste de gravidez, teste da progesterona, dosagem sanguínea de prolactina, FSH e LH, dosagem de hormônios tireoidianos, ultrassonografia e exame radiológico da sela túrcica.

Como os médicos tratam a amenorreia?

O tratamento das amenorreias depende, antes de tudo, de quais são as suas causas. Em caso de disfunção ou ausência dos ovários ou de menopausa, o tratamento pode ser feito com hormônios. Os tratamentos não hormonais são indicados quando há superprodução de prolactina ou outras causas. Nos casos de amenorreias psíquicas aconselha-se a psicoterapia; nos casos de tumores a cirurgia pode ser necessária; nos casos de obesidade aconselha-se a perda de peso; nas amenorreias de origem central pode-se tentar induzir a ovulação, através de medicamentos. Nos demais casos, menos comuns, cabe ao médico decidir a terapêutica adequada.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 20 de Setembro de 2017
Terça, 19 de Setembro de 2017
10:00
Receita do dia
Segunda, 18 de Setembro de 2017
22:10
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)