Cassilândia, Quinta-feira, 29 de Outubro de 2020

Últimas Notícias

18/09/2020 13:00

‘Preto acha que é gente’: estudante vai indenizar colega, decide Justiça

Justiça determinou que estudante pague indenizar por ofensa racista, em Campo Grande.

Midiamax
‘Preto acha que é gente’: estudante vai indenizar colega, decide Justiça

A 3ª Câmara Cível determinou que um estudante deve indenizar o colega após ofender com racismo e chamá-lo de “preto que mal tem ensino médio”, em Campo Grande. O acusado enviou um áudio pelo WhatsApp discutindo com a vítima depois de um desentendimento.

Consta no processo que eles começaram a discussão durante a aula quando o estudante disse “só porque a princesa Isabel assinou a Lei Áurea, preto já acha que é gente, só que assinou a lápis”.

O racismo continuou em um grupo de WhatsApp, onde o acusado enviou um áudio dizendo que tinha acompanhamento de saúde e que a vítima não teria direito de questioná-lo.

“Você é só um preto que não tem nem o ensino médio direito nas costas, eu tenho um laudo, eu tenho acompanhamento de um neurologista, que atesta que eu não posso interromper o sono e se um neurologista fala isso, quem vai falar ao contrário”, consta o áudio anexado ao processo.

Para se defender, o rapaz disse que não teve a intenção de difamar e fazer injúrias ao colega de classe, as ofensas teriam sido ditas durante a discussão, pois o homem teria inventado doenças para não trabalhar.

Porém, o relator, desembargador Dorival Renato Pavan, as ofensas direcionadas pelo aplicado de mensagem constatavam o crime.

“As ofensas foram graves e o Brasil não admite que seja dado tratamento discriminatório em razão de atos que resultem de preconceitos de raça, corou etnia. É crime inafiançável e imprescritível para se aquilatar a importância que o legislador brasileiro deu para punir quem pratique crime odioso desta espécie”, disse o desembargador ressaltando a Lei nº 7.716/89.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 29 de Outubro de 2020
Quarta, 28 de Outubro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)