Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

10/03/2015 08:38

‘Ele era um poço de doçura’, diz pai de Vinícius que morreu em Rio Preto

Diário da Região

O corpo do estudante que morreu após cair do terceiro andar do prédio da Universidade Paulista (Unip), no Jardim Tarraf, na tarde de segunda-feira, 10, será velado em Cassilândia (MS), onde moram a mãe e a avó da vítima. O pai do jovem afirmou, na manhã de hoje, que ele era “um poço de doçura” e estava extremamente animado com a nova vida em Rio Preto.

Segundo o segurança Euripedes Balsanufo Costa, 38 anos, Vinícius Luz Costa, 17, mudou-se para Rio Preto logo depois do Carnaval, em fevereiro. “Ele veio para fazer faculdade, estava muito animado em se tornar um engenheiro. Também estava apostando na vida de modelo. Semana passada fomos para Barretos, onde ele participou de uma sessão de fotos”, conta.

Eurípedes também estava animado com a possibilidade de poder conviver mais com o filho. “Para tentar suprir a distância enquanto ele crescia, eu fazia questão de falar sempre o quanto o amava. Porque antes de ele mudar para cá, eu falava com ele toda semana e via duas ou três vezes por ano.”

Ainda de acordo com o pai, Vinícius sempre foi fechado. “Ele era na dele, fechado, mas quando a pessoa chamava para conversar percebia a pessoa amorosa que era. Todos diziam que era um príncipe, e era mesmo”, diz o pai.

A Polícia Civil investiga o caso, que aconteceu por volta das 17h de ontem e interditou o campus da instituição educacional. Todas as aulas foram suspensas na noite de ontem, devido ao acidente.

O estudante chegou a ser socorrido no local. Ele estava com fraturas por todo o corpo e sofreu uma parada cardíaca. Médicos da unidade de emergência do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - Samu - tentaram reverter a parada com manobras de ressuscitação, mas o estudante morreu ainda no local.

De acordo com o boletim de ocorrência, o corpo do jovem foi encontrado de costas no chão e junto a ele foi apreendido um telefone celular e um pendrive que serão investigados pela Polícia Civil. Nas redes sociais centenas de pessoas mostram solidariedade à família.

 

Matéria de autoria da jornalista Maria Stella Calças, do Diário da Região

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)