Cassilândia, Sábado, 20 de Julho de 2019

Últimas Notícias

23/02/2019 17:00

‘Ato de violência e negligência’, diz Mandetta sobre pais que decidem não vacina

Midiamax

A taxa de vacinação atingiu um dos níveis mais baixos nos últimos 16 anos, e o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM), afirmou neste sábado (23) após entregar um tomógrafo ao Hospital do Trauma em Campo Grande, que pretende junto com a colaboração do Congresso, adotar vários conceitos para mudar este cenário.

“Já existem em alguns estados, municípios que colocaram a carteira de vacinação como uma maior valência de documentos”, afirmou o ministro.

Mandetta também explica que estados estão colocando a carteira de vacinação como prioridade nas matrículas de escolas no ensino público municipal e estadual. “Isso talvez seja uma boa iniciativa federal para gente deixar isso horizontal para todo país”.

Outras medidas para que as pessoas estejam mais orientadas sobre suas carteiras de vacinações, foi colocar nos exames que as empresas fazem de admissão e demissional, além do periódico. “Algumas outras medidas que valorizam a carteira de vacinação. Nesse momento nunca se pediu a regularidade vacinal, tem muita gente que às vezes nem sabe que a sua vacina não está em dia”, apontou.

Luiz Henrique Mandetta usou como referência a vacinação das crianças, que possuem esse direito, mas às vezes são ‘esquecidas’ pelos pais que não levam nos postos de saúde.

“O pai ou o responsável, tem que assumir esse papel de levar a criança, se ele acha que por alguma outra informação ele não vai vacinar uma criança, o MP tem entendido que é um ato de violência e negligência em relação a infância”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 20 de Julho de 2019
Sexta, 19 de Julho de 2019
10:00
Receita do Dia
09:00
Santo do Dia
Quinta, 18 de Julho de 2019
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)